Online

2ª a 6ª Feira
das 09:00
às 18:00hs
Acesso Interno
 
 

Categorias Estado Cidade Bairro Nome
FALTAM 864 DIAS - ITAQUERÃO EMPOLGA MORADORES

Em uma manhã fria, novamente estive visitando o Itaquerão, cheguei por volta das 09:00hs, sob os olhares desconfiados do fiscal fui logo ligando minha câmera e batendo as fotos da construção que toma cada vez mais forma de estádio.

As arquibancadas já estão bem adiantadas, os tratores e máquinas a todo vapor, operários trabalham incansáveis, corinthianos, palmeirenses, santistas, são paulinos, isso não importa, o clima demonstra que a paixão vai além das camisas.
Lá encontrei o Sr. Joca, um aposentado de 62 anos, morador do bairro vizinho em Artur Alvim, este corinthiano conta orgulhoso que chegou aqui em 1980, extremamente simpático, falante e super empolgado com a construção do Itaquerão, ele conta que já combinou com um amigo que mora na Inglaterra que vai comprar um par de ingressos para assistirem ao jogo da abertura.

Sr. Joca, morador de Artur Alvim

Com este estádio teremos muito progresso nos bairros vizinhos, o comércio vai desenvolver muito, os imóveis vão valorizar, vai gerar muito emprego e acredito que até a quantidade de Corinthianos vai crescer. Tudo por conta do estádio finaliza sorrindo.
Veja você continua Sr. Joca, os apartamentos da Cohab em Artur Alvim custavam R$ 120.000,00 agora já estão pedindo R$ 180.000,00, já valorizou. Um amigo meu, me disse que a mão de obra do serviço dele também já subiu um pouquinho, e isso tudo é por causa do estádio, isso aqui vai ficar uma maravilha, comenta Sr. Joca.
Difícil conter a empolgação de Sr. Joca quando se fala do Itaquerão, “pra ele” o estádio pertence aos dois bairros, está bem no meio da divisa, então é de Itaquera e também de Artur Alvim.

Como criador deste espaço e também Corinthiano, procuro deixar a empolgação de lado, é fato que a cada visita sinto que as pessoas sentem orgulho da obra, é difícil encontrar alguém que não esteja feliz, e que tenha uma visão mais crítica ou negativa dos impactos que a construção trás de um modo geral para o bairro.

A especulação imobiliária valorizou os imóveis do bairro, quem já tem sua casa fica feliz, mas por outro quem não tem e quer adquirir um pedaço de chão aqui na região vai ter que trabalhar muito, já que houve um grande aumento no valor dos imóveis.

Muitas comunidades próximas ao estádio também terão que sair, para os olhos dos organizadores não é bonito ter uma favela ao lado do palco de abertura da copa do mundo, também o comércio local vai ter que se adaptar as regras para venda de produtos dos patrocinadores da Copa, em um raio de aproximadamente 02 km só poderá vender determinados produtos que a FIFA tem como patrocínio, ou seja, se uma marca de refrigerantes A é a patrocinadora oficial, neste raio de ação não se pode vender o refrigerante B, e o mesmo acontece com as marcas de cerveja,  e etc.

Mas enfim, é o preço do progresso, da inovação, uns vão perder, outros vão ganhar, porém o que já mais pode ser esquecido é o direito de cada cidadão em ter esperança de que dias melhores virão, que a empolgação do Sr. Joca e de tantos outros Itaquerenses ultrapassem as barreiras dos interesses pessoais de tantos poderosos que estão por trás da abertura da Copa do mundo.
Até a próxima.

Gostou de alguma foto? mande um e-mail para fran@itaquera.com.br e receba em seu e-mail a foto em alta resolução. www.itaquera.com.br - O portal da bola da vez!


COLUNA DO FRAN
Itaquera em 1º Lugar


Banners